Moyses Moreira Lopes

Moyses Moreira Lopes

Baleia ou Peixe

domingo, 26 de maio de 2019 por Moyses Moreira Lopes

Quando era menino, vi o Sr. Pedroso discutir com o Sr. Vilela sobre o livro de Jonas. É um livro da Bíblia que faz parte dos Profetas Menores, como os livros de Oséias, Joel, Amós, Obadias, Miquéias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias. Dizia o Sr. Pedroso que não era possível uma baleia engolir um homem, uma vez que que a goela do cetáceo é incapaz de admitir qualquer objeto grande. Ouvi aquela discussão calorosa. O Sr. Pedroso até escumava os cantos da boca. O Sr. Vilela era mais calmo e apenas argumentava com um sorriso nos lábios, como se não fosse crédulo. Era um tanto indiferente. Entrara na questão de gaiato. Era pacato e homem de poucos estudos e conhecimentos, principalmente de monstros marinhos.
Naquele tempo eu já tinha as minhas opiniões e sabia discernir o certo do errado. É por isso que os adolescentes que cometem crimes devem ser penalizados. Eles sabem o que fazem. Deus criou o ser humano com personalidade: tem consciência própria e determinação. Tem consciência própria porque se distingue de tudo mais e nada faz sem saber o que está fazendo. Tem, também, determinação, desde a mais tenra idade, porque tem a faculdade de obedecer ou não, conforme queira. Como professor aposentado pude observar tudo isso “in loco” Só não sabe disso quem vive em gabinetes e escritórios e não lida com adolescentes. Já fui vítima de roubos e de furtos e todos eles praticados por adolescentes e diziam, na hora do crime: -“Calma, tio, só queremos o dinheiro e o carro. Nós somos de menor.” O “de menor” feria o ouvido e mostrava que eles tinham consciência do que estavam fazendo.
Mas o assunto é outro, só me referi ao fato, pois alguém já afirmou que os teólogos são contra a penalidade dos adolescentes. Eu sou a favor da punição e que sejam colocados em lugar próprio para eles, longe dos adultos. O país tem dinheiro para fazer campanhas eleitorais caríssimas e por que não tem dinheiro para construir escolas e presídios específicos? Deus é amor, mas é justiça.
De fato, voltando ao assunto, a Bíblia diz que foi um grande peixe. Talvez em alguma versão o tradutor tenha usado a palavra baleia, mas no hebraico, língua original do Velho Testamento, diz “dag gadol”, grande peixe, e, além disso, que foi preparado por Deus. (Jonas 1:17) O Eterno, que criou este mundo para habitação do homem com todos os recursos necessários, pode criar um grande peixe para engolir um profeta desobediente.Eis aí uma das razões do erro humano: ignorar o poder de Deus. Foi por isso que Jesus disse:- “Errais não conhecendo as Escrituras e nem o poder de Deus.”(Mat. 22:29) Deus é onipotente. Ele criou este mundo e sustenta-o pelo seu poder ilimitado. A vida de cada ser humano é dirigida por Deus. A Bíblia diz que é o Eterno quem tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz subir. O Senhor empobrece e enriquece, abaixa e também exalta. (Samuel 2:6,7)