Benedito Madaleno Mendes

Desceu à Terra 1954... Diversas premiações em concursos de poesia, residiu em São Paulo por 20 anos. Da Voçoroca do Sul, observa a Via Láctea e conta suas observações do cotidiano.

Denis, o sumido

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Ando encafifado: meu amigo Denis escafedeu-se! Desapareceu das praças, das avenidas, do facebook!Mas desapareceu mesmo, nem pista ele deixou... Nunca mais o valente postou uma foto, uma palavra, um riso, nadica de nada... Por onde será que anda o Deninho? Será que se mudou pra Iguape, pro Acre, para Taj Mahal? Ou foi preso, por engano, pela CIA e agora conta piadas atrás das grades? Será que ...

A outra Dilma

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Eu era mocinho ainda e, à noite, descia pela avenida olhando o desfile de carnaval e, de repente, eu a vi! Esbelta, morena, em plena flor da juventude, cabelos negros, traços finos, seios grandes e usava fantasia de borboleta com grandes asas azuis! Um deslumbre! Parei na calçada e fiquei contemplando-a... Uma maravilha, mesmo!Na noite seguinte tive o privilégio de prosear com a moça que me encantou ...

Câmara dos horrores

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Uma Câmara, por mais distante que esteja no mapa, é um lugar de respeito... E por isso, todas elas são chamadas de Egrégia Casa! Chique, né mesmo! Egrégia Casa! Pode ser um barraco de madeira, de lona, mas será egrégia e pronto! E os elementos que a compõem - os vereadores - são chamados de excelências. Parece meio pedante, mas não é qualquer ...

Quase fui

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Gente do céu, dia 11, terça-feira, lá pelas bandas das 23 horas, levei um susto que jamais esquecerei... Até pensei que não pudesse contar, mas, já que o Todo-Poderoso me permitiu continuar fazendo parte do circo dos vivos, lá vai...Foi bem assim... Eu estava em Sampa, na casa de minha filha... Ela ficou na sala assistindo TV e eu, após folhear alguns jornais, senti vontade de me ...

De guarda-pó branco

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Eu sempre acordava antes do Sol... E procurava deixar o café do jeito que ela gostava... Nem sempre conseguia... Ela tem um fino paladar e, às vezes, eu exagerava no açúcar, no pó, na fervura... Mas era um prazer vê-la sentada à mesa, cortando uma fatia de pão, enchendo a xícara... Quando o despertador falhava, não havia tempo pra nada e ela saía às ...

Danone

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Assim como eu, acho que muitos voçoroquenses vibraram com a manchete do Jornal Correio desta semana: “Com Danone, cidade será polo estadual em derivados de leite”! Então essa empresa vai baixar de mala, cuia e leite na freguesia? Não sei quem foi o autor da proeza de atrair essa multinacional pro cafundó, mas, seja quem for, está de parabéns! Já pensaram que chique: ...

Tocha Olímpica

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

A notícia de que a Tocha Olímpica passará faiscando por esta deslumbrante freguesia fundada pela Mula madrinha desperta orgulho, curiosidade e lero-lero... Afinal, por que o fogo de Prometeu alumiará as mal calçadas ruas da lendária Voçoroca do Sul? Poetas aborígenes já estão a postos para saudar com versos Alexandrinos, aliterações, Sextilhas e ...

Ensaio

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Uma amiga, lá da Suíça, me lembrou: e se a Cobra Grande, de repente, gostar de derrubar coisas? Por enquanto, a danada derruba pontes numa cidadezinha perdida no cafundó do Judas e que, segundo dizem, foi fundada por tropeiros...Já pensaram o que seria deste país mal-assombrado, se a lendária serpente entra em transe bem debaixo do Senado Federal? Seria um corre-corre de senadores ...

Zé da Brígida

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Zé da Brígida é de todos conhecido! Bom cidadão, bom pai, bom amigo e, claro, bom pra Brígida, sua gentil e dedicada esposa... Daí seu nome Zé da Brígida!A vida inteira o destemido José exerceu o ofício de mecânico e não é um mecanicozinho pé de chinelo, não! O homem é bom mesmo! E mais: nunca fugiu de serviço, mal ...

Zummm...

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

De repente, um zumbido estranho invade meus ouvidos... Mas não era um zumbidinho, não! Era um ruído forte, metálico, apocalíptico! Soava de todos os lados... Vinha do céu, como se mil trombetas de Jericó troassem ao mesmo tempo anunciando o fim do mundo! Brotava do ladrilho parecendo que, repentinamente, o azulejo tivesse boca e gritasse sem piedade dos tímpanos alheios... Emanava ...

A magia de um alô

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes
Reprodução/Internet

Domingo à tarde vou ao shopping... Sei que lá, bem no canto, tem um orelhão e eu preciso telefonar pra minha filha Carolina... Se eu não ouvir a sua voz, vou me debater a noite inteira num mar de indagações... Preciso ouvir Carol! O que estará fazendo a essa hora, ouve música, lê um livro, vê TV? Talvez já esteja dormindo, mas eu preciso ouvir a sua ...

Perito

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Severino- um conhecido- chega pra mim e tasca: “seu Benedito do céu, quase caí de costas! Nunca antes eu tinha visto um estropício tão feioso assim... É mais “horripilento” que capeta fugindo de padre paramentado, mais asqueroso que caipora espargido de água benta... Esse tal de perito do INSS é feioso demais da conta! Credo em cruz! A desgraceira foi assim, seu ...

Prefeitável

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

As eleições estão chegando e, até a presente data, nenhum aborígine resplandece na mídia e no coração do povaréu para ser candidato a prefeito!Afinal, quem será o corajudo que se apresentará para ser o alcaide da fabulosa Voçoroca do Sul? E olha que, pra ser prefeito de uma baita freguesia igual a essa, o herói tem que ser corajudo mesmo!Problema ...

Homo sapiens plug

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Desço na Rodoviária de São Paulo e noto que a maioria das pessoas está com fone de ouvido... Caminhando pelas ruas da Capital, de Salto, Sorocaba, Tatuí é a mesma coisa: todo mundo está com um fiozinho que desce do pavilhão auditivo e conecta-se a um celular guardado no bolso, nalgum lugar da anatomia... Ao que parece, tá todo mundo plugado!Enquanto aguardo um coletivo num ...

Presença de Catarina

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 por Benedito Madaleno Mendes

Estou aqui - no seu cantinho - meu amor! Escrevo sobre a escrivaninha de vidro negro que você gosta tanto... E você ficava tão bonita sentadinha aqui... Às vezes, distraída, você jogava os seus cabelos para trás e nesse gesto bailava tanta magia!Tenho a sensação que você ainda está aqui - Catarina! Tão presente, mas tão presente... É como se, ...

0918_fibria