Alberto Isaac

Alberto Isaac é jornalista professor e comerciante. Durante quarenta e cinco anos foi o correspondente do jornal “O Estado de São Paulo” em nossa região.

Recordando dois monstros do futebol

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac
Maradona, teve brilho quase igual ao atleta brasileiro, mas com atitudes consideradas esdrúxulas  /  Pelé, a estrela maior, permanecendo até os dias atuais como um dos maiores astros do esporte

“Maradona, há poucos dias, em aparição na TV, surgiu lépido, esbelto e sagaz, exibindo na tela ‘uma barriga tanquinho’. E o nosso inigualável Pelé, inaugurou recentemente o seu Museu, que o perpetuará por toda a eternidade. E fica sempre a mesma pergunta : qual dos dois é maior?” A oportunidade se faz presente, quando agora o universo se deslumbra nesta ...

Como livros e filmes abordam o futebol e as Copas

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac
As seleções que ergueram a Taça foram as de 1958 na Suécia, 1962 no Chile, 1970 no México, 1994 nos EUA e a de 2002 no Japão e Coréia

“Todos torcem, agora, para que o Brasil, nesta Copa, iniciada quinta-feira, 12 de junho, volte a trazer aquele futebol destituído dos altos interesses financeiros e seja, de fato, a alegria do povo, pois como declarou recentemente o presidente do Uruguai, Mujica, ‘Copa não é uma guerra, mas sim uma grande festa Mundial, em que  Brasil tem o privilégio de realizá-la neste ...

Uma árvore cercada de misticismo

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac
A seringueira plantada na Praça dos Correios em 1949 é conhecida como ‘uma verdadeira deusa’

Os milhares de cidadãos que passam constantemente pela Praça do Correio têm a florescência da imaginação sobre uma enorme árvore plantada naquela movimentada área. Estaria ela com mais de meio século de vida? Quem ou quais foram aqueles que tiveram a feliz idéia de jogar ou espalhar a semente naquele local? Com que finalidade e propósito? Seria, sem ...

O dia em que vizinhos se encontram

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac
Amigos, vizinhos e parentes se reunem onde a principal finalidade é a empatia entre eles, a alegre convivência cristã e a felicidade do encontro

Felizes eram os velhos tempos em que os vizinhos colocavam cadeiras nas calçadas e, descontraídos e tranquilos, sob o luar “punham suas conversas em dia”, maneira apropriada de solidificarem e estreitarem, ainda mais, a amizade reinante.Já foi extinto esse saudável hábito de muitos e muitos anos, passado de geração em geração. A modernização ...

Largo dos Amores - Uma história que se acaba

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac

Não há o que negar, muitos ainda vão se lembrar nitidamente daquele espaço ,que agora está sendo remodelado e ocupado por máquinas , onde surgirá uma nova praça.Do projeto, de categorizados arquitetos, deverá nascer um moderníssimo local, conhecido até há pouco tempo como “Largo dos Amores”. Denominada em tempos passados como Praça ...

E ... Por que não eles?

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac

Houve muitas pessoas interessantes pela maneira como se comportava, praticamente toda a vida, proporcionando felicidade e intensa alegria, permanecendo muitos ainda “indelevelmente gravadas na memória”, como se habituou a falar o inconfundível Filisbino, em suas apresentações matinais em seu programa radiofônico.Pensando desta forma, em lembranças nas serenas tardes itapetininganas, ...

Poema às maravilhosas mães itapetininganas

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac

Consistência, paixão, impetuosidade, candura, carência, inquietude e simpatia. São a tributos inegáveis que nomeiam todas as mães de Itapetininga, esse recanto do Estado de São Paulo. Não só nesta era como aquelas que ficaram no esquecimento.Mães humildes, ricas, ilustradas ou analfabetas, formosas, ou mal compostas, destituídas de graças, de ...

1º de maio: sofridas lembranças dos boias–frias

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac

“Em qualquer tempo lá estavam os denominados boias-frias”. Desta forma, com uma ponta de saudade – um senhor já passando dos oitenta anos de idade recorda-se do tempo em que, destemidamente, enfrentava os serviços da lavoura em sítios e fazendas de quase toda região. Nem mesmo no festejado e aclamado “Dia do Trabalho”, no 1º de maio ele deixava de comparecer à ...

Profissões do passado que desaparecem em Itapê

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac
Profissões em que é necessário o trabalho com componentes artificiais ou manuais, como a de sapateiro, já quase não existem mais

Ofícios ou profissões que dominaram soberanamente em Itapetininga, em épocas não muito remotas, foram substituídas atualmente por novas tecnologias. São novidades em sua última atualização, divulgadas em janeiro do ano passado. Na lista de 2.619 atividades relacionadas no “Classificação Brasileira de Ocupações”, duas novas ...

Poesia Alimentava a alma do itapetiningano

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac

Embora a poesia alimente a alma, mas não o estomago, ela praticamente desde início do mundo, espalhou versos das mais diferentes qualidades e estilos, proporcionando suavidade e ternura ao ser humano.Assim foram os poetas e poetisas que fomentaram a alma e o espirito de milhares de pessoas em todas as épocas e, também lugares e dialetos de todos os recantos o planeta. Poesia, sem dúvida, a arte de ...

Poesia Alimentava a alma do itapetiningano

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac

Embora a poesia alimente a alma, mas não o estomago, ela praticamente desde início do mundo, espalhou versos das mais diferentes qualidades e estilos, proporcionando suavidade e ternura ao ser humano.Assim foram os poetas e poetisas que fomentaram a alma e o espirito de milhares de pessoas em todas as épocas e, também lugares e dialetos de todos os recantos o planeta. Poesia, sem dúvida, a arte de ...

Poesia Alimentava a alma do itapetiningano

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac

Embora a poesia alimente a alma, mas não o estomago, ela praticamente desde início do mundo, espalhou versos das mais diferentes qualidades e estilos, proporcionando suavidade e ternura ao ser humano.Assim foram os poetas e poetisas que fomentaram a alma e o espirito de milhares de pessoas em todas as épocas e, também lugares e dialetos de todos os recantos o planeta. Poesia, sem dúvida, a arte de ...

O brilho do futebol está deixando o interior

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac
Os estádios locais vão continuar vazios, talvez por dezenas de anos e a esperança repousa no surgimento de alguém a fim de ressuscitar nosso futebol

Cineasta dos mais categorizados e cronista esportivo, de uma capacidade invulgar, Ugo Giorgetti, em um de seus apreciados artigos escreveu que ninguém mais torce pelos times do interior, a começar, principalmente, pelos próprios habitantes da cidade. A cidade, seja de qualquer porte, é a primeira a abandonar o clube quando ele entra numa fase particularmente ruim e começa a desmoronar. A ...

Cidade perde parte da memória histórica

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac
De propriedade da família Rezende, localizado na Rua Quintino Bocaíuva, o Solar  está completamente abandonado, em estado dos mais precários, ocupado eventualmente por moradores de rua - Foto: Mike Adas

Em razão dos novos tempos, já não resta quase nada em Itapetininga que recorde o seu passado. Até os prédios do fim do século XIX, abundantes no início das últimas décadas, praticamente desapareceram. Foram demolidos ou então completamente deformados por reformas que não respeitaram as suas características originais.De acordo com professores e ...

Março de 64, 50 anos na noite de segunda-feira

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 por Alberto Isaac

Há precisamente meio século, o governo de João Goulart caia sob golpe militar que empurraria o Brasil para as sombras de um longo período de sua história. Itapetininga, na ocasião – 19-3/64 – participou do acontecimento, “em passeata na rua com Deus e a família” e posteriormente, em palanque erguido em frente à Prefeitura n Largo dos Amores. Entre os ...

0918_fibria